Farmácia Indiana - Drogaria, Perfumaria e Manipulação

Buscar

Produtos encontrados: 5460 Resultado da Pesquisa por: em 27 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 5460 Resultado da Pesquisa por: em 27 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Medicamentos: os remédios ideais para manter a sua saúde e bem estar físico e mental sempre em dia

Desde que o mercado farmacêutico deu o seu primeiro passo ainda no século XIX, foram desenvolvidos diversos medicamentos para auxiliar profissionais da saúde no tratamento das mais variadas enfermidades, desde aqueles de caráter mais simples até os mais complexos. 

Em todo caso, a medicação prescrita pelo profissional sempre é acompanhada por uma avaliação minuciosa dos sintomas apresentados pelo paciente, sejam de origem hereditária, velhice ou desenvolvidos por causa da adoção de hábitos alimentares poucos saudáveis, além da ausência da prática de atividades físicas regulares.

A seguir, vamos conhecer cada um dos remédios mais populares que estão à venda, com a exigência de receita médica ou não e entender o princípio ativo deles e quando são indicados. Acompanhe! 

Imunitários, antivirais e antialergicos 

Reações alérgicas são muito comuns, influenciando diretamente na qualidade de vida de qualquer ser humano que possui o sistema imunológico deficiente. Neste caso, a probabilidade de contrair gripes, resfriados, alergias respiratórias se tornam ainda maior. 

Neste contexto que os imunitários, antivirais e anti alérgicos entram em cena, combatendo os agentes causadores que estão por trás das manifestações, sejam eles formados por vírus, bactérias ou microorganismos, trazendo de volta a vitalidade e resistência imunológica do indivíduo. 

Enquanto que o antiviral evita a replicação dos vírus, inibindo sua síntese e proliferação, o antialérgico cria uma barreira entre o indivíduo e a origem daquela alergia ao bloquear a histamina, uma substância que funciona como uma espécie de medidor químico eliminado pelo corpo diante do potencial causador da manifestação alérgica em questão. 

Vasculares, cardíacos e pulmonares

Existem alguns sistemas do corpo humano que precisam estar em constante funcionamento para garantir o equilíbrio de todas as funções vitais. 

No caso do coração, órgão responsável por garantir que o sangue oxigenado pelos pulmões percorra todo o corpo, os medicamentos para o coração podem ser de grande ajuda para indivíduos que sofrem de arritmia do coração, insuficiência cardíaca, doenças vasculares, entre outras patologias. 

Já para pacientes que desenvolveram problemas pulmonares, fruto da constante exposição à população ou adoção do tabagismo como estilo de vida, podem encontrar no remédio para limpar os pulmões a saída para aliviar e tratar os sintomas relativos à falta constante de ar e aumentar a capacidade respiratória. 

Psicoativos, hormonais e musculares 

Distúrbios e problemas psiquiátricos exigem acompanhamento constante com profissionais ligados à áreas clínicas, que estudam e tratam desvios de comportamento com o objetivo de manter o equilíbrio da psique humana. O uso de drogas psicoativas surge como forma de complementar o tratamento e garantir o bem estar emocional dos pacientes. 

Agora se os sintomas relatados forem fruto de alterações hormonais e estiverem relacionados às funções biológicas responsáveis por controlar o metabolismo, crescimento, sexualidade, entre outras funções, surge a necessidade de recorrer a antidepressivos, antiinflamatórios, anticoncepcionais, anabolizantes, repositores hormonais, entre outros, para restabelecer o equilíbrio do sistema endócrino do corpo humano. Mulheres que desejam amenizar os sintomas da menopausa, como ondas de calor, são as maiores beneficiadas por esses medicamentos. 

Se as alterações corporais estiverem associadas à dores musculares constantes, resultado de traumas, lesões esportivas, má postura e exaustão física, o remédio para dor muscular forte é amplamente recomendado, sempre respeitando o quadro clínico do paciente e a recomendação médica. Os relaxantes musculares também proporcionam alívio temporário ou prolongado para desconfortos diversos nos músculos. 

Analgésicos e anestésicos

Por estarmos submetidos a um estilo de vida agitado, em que a exposição a situações de estresse ocorrem diariamente, é comum que surjam episódios de dores no corpo, na cabeça, além de baixa na imunidade, podendo ocasionar gripes e resfriados. Nestes casos, os analgésicos e anestésicos surgem para amenizar os sintomas e proporcionar alívio e melhor qualidade de vida do usuário. 

Os remédios analgésicos ficam responsáveis por diminuir e interromper as vias de transmissão da dor do cérebro até o local da dor, reduzindo a incidência do desconforto até eliminá-lo completamente. Alguns ainda contam com propriedades antitérmicas, atuando no equilíbrio da temperatura corporal. 

Os anestésicos, por sua vez, bloqueiam, temporariamente, a sensibilidade gerada por um episódio de dor, seja ela de baixa, moderada ou grande intensidade. Os anestésicos locais, por exemplo, são usados para bloquear dores de procedimentos  envolvendo extração dentária, suturas, entre outras operações de baixa complexidade. 

Pele, olhos e cabelo 

Expostos diretamente às constantes mudanças e alterações climáticas, nossa pele, olhos e cabelo tendem a sofrer com a poluição atmosférica, reações alérgicas desencadeadas por contato com superfícies contaminadas, produtos de limpeza, entre outros fatores.

No caso da camada protetora do corpo, os cicatrizantes garantem que cortes, queimaduras, cirurgias, tatuagens sejam tratados e a pele recupere seu estado natural de forma rápida, sem riscos infecções, evitando a proliferação de microorganismos nas regiões afetadas. 

Já as soluções de clareamento da pele, como a pomada clareadora ajuda na eliminação de manchas oriundas de queimaduras e outras exposições a agentes alérgicos. O protetor solar, por sua vez, evita queimaduras por causa da exposição solar. 

Já para manter a saúde dos olhos em dia é recomendado o uso constante de antissépticos, especialmente para limpar lentes de contato. Esses produtos garantem uma higienização completa e segura das lentes corretivas, evitando o acúmulo de proteínas sobre sua superfície. 

Quem enfrenta o desconforto provocado pela queda de cabelo, pode aproveitar os benefícios proporcionados pelo remédio para calvice masculina e feminina. Ele consiste em um complexo de vitaminas e aminoácidos que estimulam o crescimento dos fios, diretamente do bulbo capilar, parte responsável por produzir e distribuir células que vão auxiliar no fortalecimento dos fios no couro cabeludo. 

Ossos e cartilagem 

Com a chegada da velhice é comum que surjam problemas relacionados ao enfraquecimento da estrutura óssea, obrigando a adoção de atividades físicas sob supervisão, além do uso constante de medicamentos. O tratamento de osteoporose e osteoartrite por exemplo, vem ganhando cada vez mais adeptos que procuram melhor qualidade de vida após a idade adulta e desejam evitar perda de massa óssea com o passar do tempo. 

Neste cenário, o remédio para dor nos ossos ganha relevância e popularidade, a ponto de se tornar um importante aliado no tratamento médico ao atuar como anti inflamatório e antirreumático, inibindo a inflamação acompanhada ou não da dor. 

Outra alternativa que tende a aumentar a densidade óssea é o regenerador de cartilagem, um medicamento indicado para indivíduos com artrose e osteoartrose, artrite (reumatóide), lesão articular ou da cartilagem. Após ingerido, o medicamento para cartilagem traz uma melhora na mobilidade e mais flexibilidade para as articulações, deixando suas atividades diárias mais prazerosas.  

Estomacais, intestinais e renais 

A ingestão de alimentos contaminados ou estragados pode causar uma série de problemas para o sistema digestivo, como a já conhecida intoxicação alimentar. 

Para combater dores e desconfortos abdominais, tanto um antiácido estomacal quanto antidiarréico são recomendados para recuperar o equilíbrio da flora intestinal e trazer de volta a sensação de bem-estar. Agora, se houver a necessidade de estimular o apetite ou inibi-lo, o estimulante e/ou inibidor de apetite cumprem suas funções, auxiliando no controle  ou ganho de peso. 

Assim como o sistema digestivo tem uma função importante na absorção de nutrientes e excreção de material orgânico, os rins também garantem que toxinas e dejetos provenientes do metabolismo sejam eliminados da corrente sanguínea. 

Caso seja identificado mau funcionamento desses órgãos, como cálculos renais (também conhecida como pedra nos rins) ou incontinência urinária, torna-se necessário o uso de um remédio para os rins apropriado.

Além dos Medicamentos, a Farmácia Indiana também possui ótimas opções de Brinquedos para as crianças. Confira as nossas ofertas!

Fale conosco por WHATSAPP